O PORTAL

Collection by Eddie Van Feu

10 
Pins
 • 
632 
Followers
Eddie Van Feu
Onde vais pelas trevas impuras, Cavaleiro das armas escuras, Macilento qual morto na tumba?... Tu escutas... Na longa montanha Um tropel teu galope acompanha? E um clamor de vingança retumba?  Cavaleiro , quem és? - que mistério, Quem te força da morte no império, Pela noite assombrada a vagar?  O FANTASMA Sou o sonho de tua esperança, Tua febre que nunca descansa, O delírio que te há de matar!...  -Álvares de Azevedo- PARTE 2/2

Onde vais pelas trevas impuras, Cavaleiro das armas escuras, Macilento qual morto na tumba?... Tu escutas... Na longa montanha Um tropel teu galope acompanha? E um clamor de vingança retumba? Cavaleiro , quem és? - que mistério, Quem te força da morte no império, Pela noite assombrada a vagar? O FANTASMA Sou o sonho de tua esperança, Tua febre que nunca descansa, O delírio que te há de matar!... -Álvares de Azevedo- PARTE 2/2

O meu melhor!!!

O meu melhor!!!

Pior ainda, tudo assumia uma vestimenta horrível de pena e compaixão. E se ele apenas cedera ao beijo e parecia ser tão gentil com ela por pena? A dor a levou para longe e a beleza do lugar apagava-se com suas lágrimas. Mas ela sabia que não importava o quanto corresse, não iria ultrapassar aquela dor e talvez a única forma de deixá-la para trás fosse voltando para ela. Parou, olhando as colinas com os olhos cheio d'água, soluçando como uma criança. PARTE 2

Pior ainda, tudo assumia uma vestimenta horrível de pena e compaixão. E se ele apenas cedera ao beijo e parecia ser tão gentil com ela por pena? A dor a levou para longe e a beleza do lugar apagava-se com suas lágrimas. Mas ela sabia que não importava o quanto corresse, não iria ultrapassar aquela dor e talvez a única forma de deixá-la para trás fosse voltando para ela. Parou, olhando as colinas com os olhos cheio d'água, soluçando como uma criança. PARTE 2

"Era só o que ela queria. Ser livre para escolher quem seria sua companhia, para toda uma vida ou para o minuto seguinte. Que fosse uma companhia única, confiável, correta e sincera, polida e experiente, bem-humorada e charmosa. Por uma companhia assim, aquela dama sonhou e viveu e, se precisasse, por ela morreria."  O Portal

"Era só o que ela queria. Ser livre para escolher quem seria sua companhia, para toda uma vida ou para o minuto seguinte. Que fosse uma companhia única, confiável, correta e sincera, polida e experiente, bem-humorada e charmosa. Por uma companhia assim, aquela dama sonhou e viveu e, se precisasse, por ela morreria." O Portal

MEU SONHO   Eu  Cavaleiro das armas escuras, Onde vais pelas trevas impuras Com a espada sanguenta nas mãos? Por que brilham teus olhos ardentes E gemidos nos lábios frementes Vertem fogo do teu coração?  Cavaleiro, quem és? o remorso? Do corcel te debruças no dorso... E galopas do vale através... Oh! da estrada acordando as poeiras E morder-te o fantasma nos pés? PARTE 1/2

MEU SONHO Eu Cavaleiro das armas escuras, Onde vais pelas trevas impuras Com a espada sanguenta nas mãos? Por que brilham teus olhos ardentes E gemidos nos lábios frementes Vertem fogo do teu coração? Cavaleiro, quem és? o remorso? Do corcel te debruças no dorso... E galopas do vale através... Oh! da estrada acordando as poeiras E morder-te o fantasma nos pés? PARTE 1/2

Olhou para as rédeas em suas mão enquanto o vento brincou de jogar algumas mechas de seu cabelo para frente. Ergueu a cabeça e deu um longo suspiro. Não fugiria. Não. Não faria daquilo algo tão importante. Empinou-se, recuperando o orgulho que quase lhe foi tirado. Se ele não a amava, a perda era dele. É um cretino. Limpou as lágrimas das faces avermelhadas, com o coração ainda doendo. Levaria algum tempo até que parasse de doer..." PARTE 3 FINAL

Olhou para as rédeas em suas mão enquanto o vento brincou de jogar algumas mechas de seu cabelo para frente. Ergueu a cabeça e deu um longo suspiro. Não fugiria. Não. Não faria daquilo algo tão importante. Empinou-se, recuperando o orgulho que quase lhe foi tirado. Se ele não a amava, a perda era dele. É um cretino. Limpou as lágrimas das faces avermelhadas, com o coração ainda doendo. Levaria algum tempo até que parasse de doer..." PARTE 3 FINAL

Ela cavalgou para longe, as lágrimas caindo numa luta inútil. Estava apaixonada e seu peito doía tanto que parecia que ia morrer. Ela o amava, amava tão loucamente que chegava a odiá-lo por isso. Mas perdeu-se de uma vez quando alimentou esperanças, quando acreditou que ele poderia amá-la também, que ele poderia descobrir que pessoa maravilhosa ela poderia ser. Em vão, ele nunca a amara, seus beijos nunca foram seus, tudo perdia valor. PARTE 1

Ela cavalgou para longe, as lágrimas caindo numa luta inútil. Estava apaixonada e seu peito doía tanto que parecia que ia morrer. Ela o amava, amava tão loucamente que chegava a odiá-lo por isso. Mas perdeu-se de uma vez quando alimentou esperanças, quando acreditou que ele poderia amá-la também, que ele poderia descobrir que pessoa maravilhosa ela poderia ser. Em vão, ele nunca a amara, seus beijos nunca foram seus, tudo perdia valor. PARTE 1

André Grandier no anime Rose of Versailles. *-* Possível filho do nosso querido Urbain.

André Grandier no anime Rose of Versailles. *-* Possível filho do nosso querido Urbain.

“-Pode-se enganar a vida muito tempo, mas ela sempre acaba por fazer de nós aquilo para que somos feitos.    -Malraux. Elas sorriram, felizes na cumplicidade, unidas não só pelos mesmos livros, mas pelas mesmas experiências. -Você será feliz - disse Joana, as lágrimas tecendo seus caminhos pelas faces, enquanto acariciava os cachos castanhos de sua menininha. -Eu já sou, minha mãe. Se morresse agora, morreria feliz, acredite. Morre-se feliz quando se morre em seu próprio caminho.”

“-Pode-se enganar a vida muito tempo, mas ela sempre acaba por fazer de nós aquilo para que somos feitos. -Malraux. Elas sorriram, felizes na cumplicidade, unidas não só pelos mesmos livros, mas pelas mesmas experiências. -Você será feliz - disse Joana, as lágrimas tecendo seus caminhos pelas faces, enquanto acariciava os cachos castanhos de sua menininha. -Eu já sou, minha mãe. Se morresse agora, morreria feliz, acredite. Morre-se feliz quando se morre em seu próprio caminho.”

O momento em que encantamos uma poção é fundamental para seus efeitos. Algumas vezes, precisamos esperar anos até o momento certo. Uma das melhores noites para encantar poções, pós, tarot, talismãs e instrumentos é a Lua Azul, onde tudo é potencializado. Outro excelente momento é o Samhain, o principal sabat na Roda Mágica. Imagine agora esses dois portais se unindo no mesmo momento!!! Isso vai acontecer dia 31 de outubro de 2020 e eu fiz um workshop para ajudar você a se preparar para esse…

O momento em que encantamos uma poção é fundamental para seus efeitos. Algumas vezes, precisamos esperar anos até o momento certo. Uma das melhores noites para encantar poções, pós, tarot, talismãs e instrumentos é a Lua Azul, onde tudo é potencializado. Outro excelente momento é o Samhain, o principal sabat na Roda Mágica. Imagine agora esses dois portais se unindo no mesmo momento!!! Isso vai acontecer dia 31 de outubro de 2020 e eu fiz um workshop para ajudar você a se preparar para esse…